Maisa Conta Que Cuida Do Respectivo Dinheiro: “Sou Econômica, Não Pão Duro”

O diretor de Intercomunicação e Marketing da FGV (Fundação Getulio Vargas), Marcos Facó, especializado em marketing digital pela Escola de Harvard, tem uma má notícia com o intuito de quem enxerga nas redes sociais o rumo pra uma vitória eleitoral. — As agências de marketing e consultorias querem desenvolver um novo mercado e ficam alimentando um mito em volta do poder das mídias sociais numa eleição.

Advertisement

Elas são só mais uma ferramenta. Não têm o poder de eleger ninguém. Pra ele, o amplo problema de quem aposta no poder das redes é achar que o eleitor brasileiro é aquele que vive nos grandes centros. — A Televisão e o rádio ainda são os melhores meios de penetração nos rincões do Estado.

Leia, a escoltar, tua entrevista. Qual será o peso das mídias sociais nas próximas eleições? Sou defensor das mídias sociais, mas elas não serão as responsáveis pela vitória de um candidato. Escola Brasileira Cria Graduação Em Digital Influencer o Brasil é muito enorme. Fora da bolha de quem mora em grandes centros ou é formador de posição, o alcance dos meios digitais é muito pequeno. As agências de marketing e consultorias querem criar um novo mercado e ficam alimentando um mito em volta do poder das redes sociais numa eleição. Elas são só mais uma ferramenta. Não têm o poder de eleger ninguém.

Advertisement

Assim sendo, faz significado os partidos brigarem tal pelo tempo de Televisão? No momento em que a gente fala do poder de ação das redes sociais estamos comentando dos eleitores dos centros urbanos, de universitários, de gente esclarecida e que consome notícias nessas plataformas. Os especialistas ignoram esse recorte e tratam como se todo o Brasil fosse aproximado.

A Tv e o rádio ainda são os melhores meios de penetração nos rincões do Nação. A intercomunicação é mais palatável e direta. Como Utilizar As Mídias Sociais não tem um grau de geração adequado também tem problema em integrar sugestões escritas. Até “A Prioridade é Prosseguir Ganhando No Brasil”, Diz Diretora Da P&G necessitam de um background cultural para serem traduzidos.

Advertisement
  • 4ª mídia social pra organizações: TWITTER
  • Persistência para oferecer e vender
  • Minotauro e Minotouro usam fama no UFC pra lucrar com franquia de academia
  • Libere o exercício das mídias sociais
  • 2009 - 1 mil Casmurros

A impressão é que nos meios digitais a eleição de imediato começou. Sim. Por enquanto, a eleição só começou para uma faixa muito pequena de eleitores. Pros formadores de posição, o jogo já começou. Desse modo, a eleição agora é pauta nas redes sociais, contudo tua penetração pela vida real das pessoas é limitada.

Advertisement

A maioria está preocupada, no máximo, com a contusão do Neymar e tua participação na Copa do Mundo. Pra fora da bolha do político, do jornalista ou do formador de posição, as conversas são novas. As Redes sociais A favor Da Sua Corporação eleição não faz parcela do tema discutido por algumas bolhas. É quase outra língua para ele.

Quem faz política nas redes sociais está dizendo pra quem? Se você não prestar atenção, você só vai apresentar para que pessoas adora você. Pros políticos alcançarem um regresso real nas redes sociais, eles vão ter necessidade de de investimento. Não existe Horário Eleitoral Gratuito nas redes sociais. Pra expor com quem não é convertido, os políticos e partidos terão que investir em postagens pagos, a título de exemplo.

Share This Story

Get our newsletter